CAPITÃO PUPUNHA

CAPITÃO PUPUNHA é o comandante da Canoa Cósmica ybytu 473.
Adepto da Alquimia Modular Tucuju, criou em 2017 o Som da Amazônia Espacial, abordando uma relação de antítese do Universo Sideral e a Amazônia, conectadas pela música, onde efeitos, distorções, solos estendidos e improvisação fundem-se com Caixas de Marabaixo e ruídos diversos.

SABRINA ZAHARA

Cantora, compositora, poeta, cronista e atriz. Paulista criada no Amapá, descobriu suas raízes culturais submersas nos rios da Amazônia. Seu primeiro trabalho solo “Eu Não Ando Só” vem selar parcerias de 23 anos de carreira artística e exaltar a diversidade sonora ancestral da musicalidade amazônica.

PRETOGONISTA

Seus primeiros passos se deram com o destaque no Festival Expressões das Ruas em 2015. Seu processo criativo está voltado à difusão da cultura negra, periférica e ribeirinha da Amazônia, trazendo uma mistura musical de ritmos, cantos e batuques. Possui 02 (dois) álbuns lançados, um solo “Visão Periférica” e um com coletivo de Mc’s Máfia Nortista “Du Norte Pru Norte”.

ELYSSON PERERA

Adepto do bordão: “Eu quero mesmo é que tudo se folk”, apresenta-se como um caboclo músico, produtor, compositor e Engenheiro Florestal. Sua carreira é marcada por atuações como siderman, com artistas do Amapá, Goiânia e Brasília. Em 2020, resolveu dar vida a seus escritos, tirou da gaveta experimentos escondidos a 7 chaves.

MC DEEH

Ana Débora de Andrade Oliveira, nome artístico Mc Deeh, 23 anos, é um dos principais nomes do rap feminino no Estado do Amapá, ao qual se dedica desde os 13 anos de idade. Iniciou como b-girl seguindo-se das músicas autorais. Possui 05 videoclipes gravados: Meu Bonde é Esse, Madalena (feat. Anna Suav), Julgamento (feat. Pretogonista), 188 e Black Money (feat. Ruth Clark).

MAYARA BRAGA

Precoce, começou cantar aos 8 anos de idade. Aos 14 já era premiada em festivais locais. Foi vocalista das bandas: Negro de Nós e Suíte Popular. Em 2013 empreendeu carreira solo. Sua música com forte ligação com as religiões afro-brasileiras, ressoa resistência, espiritualidade, ancestralidade, respeito e fé através da pluralidade cultural.

JHIMMY FEICHES

Multiartista, sua obra celebra a pluralidade da música nortista em performances energéticas, onde o público é parte da experiência. Seu primeiro trabalho autoral, cujo lançamento se dará em 2021, começou a ganhar corpo em 2016. Trata-se de um álbum que além de músicas, trará uma revista em quadrinhos, onde será possível conhecer o caminho até aqui percorrido.

MARI MARTI

Simples, despojada e intuitiva. É assim que Mari Marti se lança em suas músicas, com influências do folk/ pop, em letras que falam sobre a vida e o Eterno. Violonista, tecladista, cantora e compositora, sua carreira começa a ganhar forma através da Banda Nume.

BRENDA ZENI

Cantora, compositora e produtora musical. Em sua estreia conquistou o prêmio de melhor intérprete do Festival de Música da Assembleia Legislativa (AP), defendo a música “Aquário das Marés”. Em 2017 lançou seu primeiro trabalho de estúdio, “Quebra do Feitiço”. Seu videoclipe “Dublar”, ficou entre os TOP 20 do Festival EDP Live, concorrendo com 3.000 bandas de todo o Brasil.

POROROCA SOUND

POROROCA SOUND é uma Incubadora de Empreendimentos Musicais, através da qual nos propomos a acompanhar e acelerar a carreira de 09 artistas do Estado do Amapá. São eles: Sabrina Zahara, Pretogonista, MC Deeh, Capitão Pupunha, Brenda Zeni, Jhimmy Feiches, Mari Marti, Elysson Perera e Mayara Braga.

Estruturada em períodos de 01 ano, neste piloto, seus artistas passarão por Percurso Formativo e um Ciclo Produtivo, onde nos responsabilizamos pela execução de um conjunto de ações estratégicas com foco na edificação de seus trabalhos. Mais do que transferir conhecimentos, buscamos a integração dos artistas, com os profissionais necessários ao aperfeiçoamento técnico de suas carreiras, de modo que as parcerias aqui iniciadas prosperem no pós-incubação.

Gestão de carreiras, assessoria de imprensa, marketing de rede, condicionamento vocal, consciência corporal e visagismo figuram entre as atividades previstas no Percurso Formativo.

Dentre as atividades integrantes do Ciclo Produtivo estão: produção de portfólio, releases/ sinopses, press kit, realização de ensaio fotográfico, produção de álbum fonográfico, produção de videoclipes e lançamento simultâneo em plataformas de streaming.

Findado o período de incubação, com a compreensão da cadeia produtiva da música e do tripé: obra (projeto), material de divulgação (formato) e plano de carreira (difusão), seus partícipes estarão preparados para os demais desafios do mercado fonográfico e para o gerenciamento de suas carreiras.

POROROCA SOUND – FICHA TÉCNICA

CLAUDIO SILVA
Produção Executiva

SANDRO CONCEIÇÃO
Direção de Produção

ADRIANA RODRIGUES
Gestão Administrativa e Financeira

PAULO ROCHA
Comunicação e Gerenciamento de Redes

MARCUS OLIVEIRA
Direção de Videoclipes

RODRIGO AQUILES SANTOS
Programação Visual (Projeto e Álbuns)

RÔMULO RAMOS
Desenvolvimento de Site

AOG ROCHA
Fotografias (Ensaios dos Artistas)

PAULO BASTOS
Instrutor Oficina de Condicionamento Vocal

MAURÍCIO MACIEL
Instrutor Oficina de Consciência Corporal

ARNANDA OLIVEIRA
Instrutora Oficina de Visagismo

PAULO ROCHA
Instrutor Oficina de Gestão de Carreira

CLAUDIO SILVA
Instrutor Oficina de Confecção de Portfólio | Modelagem de Projetos Culturais

RODRIGO AQUILES SANTOS
Instrutor Oficina de Marketing Cultural

MARCUS OLIVEIRA
Instrutor Oficina de Produção Audiovisual

CENTRAL DE PRODUÇÃO COLABORATIVA
Elaboração e Gestão

CIA. ÓI NÓIZ AKÍ
Coordenação Geral

ÓI NÓIZ AKÍ

Com 22 anos de atuação no mercado, muitos foram os projetos executados, tendo por linguagem a cultura e as artes. Dentre os segmentos com maior atuação destacamos: o teatro, as artes circenses, a dança, a literatura, a música e o cinema.

Nosso trabalho não está focado apenas no público que nos prestigia, pois agregar valor às marcas dos patrocinadores e parceiros que chancelam seus nomes em nossos projetos, os fideliza e nos oportuniza pensar a sustentabilidade de nossas ações.

Responsabilidade na elaboração, gestão e agenciamento de nossos projetos artísticos e culturais são nossas marcas, o que nos permitiu aprovação em editais nacionais como: Prêmio Funarte de Arte na Rua, Prêmio Funarte Klauss Vianna de Estímulo à Dança, Prêmio Funarte Myriam Muniz de Estímulo ao Teatro, Prêmio Agente Jovem de Cultura – MinC, Prêmio Leitura para Todos – Projetos Sociais de Leitura DLLLB/ MinC; Edital de Ocupação do CEU DAS ARTES, CRIANÇA ESPERANÇA 2013/ UNESCO e REDE GLOBO, Prêmio de Culturas Populares – Edição Leandro Gomes de Barros/ MinC, Edital Funarte de Doação de Equipamentos de Iluminação Cênica 2017, Edital de Patrocínio do Banco da Amazônia – BASA 2018, Programa de Ocupação dos Espaços da Caixa Cultural 2019-2020, dentre outros não menos importantes.

CONTATOS:
e-mail: oinoizaquitraveiz@gmail.com
Tel: +55 (96) 98400-8965

© 2021 Pororoca Sound - Todos os direitos reservados